Eu quero acreditar… Novamente

Eu quero acreditar… Novamente

Mais de uma década depois do fim da série, será que a verdade continua lá fora?

* Por Victoria Bohrer

14 anos atrás, muitos fãs de ficção cientifica ficaram um pouco céticos.  Arquivo X se despedida da televisão depois de 10 temporadas, mais de 200 episódios, 2 filmes e um final anticlimático. Porém, com o fenômeno reboot que está dominando as telas, era quase certa a volta desse ícone dos anos 90. Então a série queridinha de muitos voltou no domingo (24) com uma nova temporada de seis episódios.

Arquivo X foi minha infância, ver seu final dolorosamente arrastado me fez acreditar no valor de uma série que termina em seu auge, enfrentando o clamor de seu público que sempre exige mais conteúdo independente da qualidade. A série acabou em 2002 por um motivo e o retorno dela, apesar de bem vindo, só impulsiona a maquina de dinheiro em não investir em projetos novos.

Dito isso, é inevitável se emocionar com a música de entrada, reencontrar seus velhos amigos repetindo os mesmos diálogos e retornando aos lugares que um dia foram tão queridos.  Uma golfada de nostalgia tira seu ar quando identifica frases e pequenos objetos, como o pôster do agente Mulder, e você inevitavelmente se entrega às conspirações baratas e computações gráficas duvidosas. A verdade ainda está lá fora e nossos incansáveis agentes estão em nossas telas de novo para provar que um pouco de nostalgia nunca é demais.

Arquivo X tem muitos erros ainda, como teve nas suas temporadas finais, porém essa nerd aqui mal pode esperar pelo próximo episódio. Eu ainda quero acreditar!

Victoria BohrerVictoria Bohrer é cinéfila e fanática por séries. Dedica a sua vida à busca de boas ficções científicas. Leitora assídua de Batman, acha que o Homem Morcego é o melhor herói já criado.