12 Macacos x 2

12 Macacos x 2

Netflix disponibiliza clássico do cinema sci-fi e competente série homônima

Em 1996, chegou aos cinemas ‘Os 12 Macacos‘ (Twelve Monkeys). Dirigido pelo cineasta Terry Gilliam (o excêntrico ex-integrante do Monty Python), o filme foi amplamente elogiado e alcançou rapidamente o status de cult.12-monkeys (1)

A trama não-linear (inspirada em ‘La Jetée‘ – um curta-metragem francês de 1962) narra as desventuras de James Cole (Bruce Willis – ótimo, como sempre), um paranoico viajante do tempo vindo de um futuro onde a maior parte da população da Terra foi dizimada por um terrível vírus. Prisioneiro em seu tempo – o ano de 2027 – , Cole aceita, visando a redução de sua pena, se tornar parte de um experimento que envolve viagens no tempo para colher pistas e informações sobre a disseminação do vírus no passado (e quem a causou) pra que a doença seja erradicada. Nos anos 90, ele se vê às voltas com uma aparente conspiração que envolve desde um famoso virologista (o veterano Christopher Plummer) e seu filho louco, fanático e esquizofrênico Jeffrey Goines (Brad Pitt – excelente!) até um misterioso grupo denominado O Exército dos 12 Macacos – que supostamente seriam terroristas e os responsáveis pela epidemia.

twelve-monkeys-sample-collection

Com mais perguntas do que respostas, Cole procura a ajuda da relutante e inicialmente incrédula Drª. Kathryn Railly (Madeleine Stowe) e tenta convencê-la da verdade. No meio disso tudo, entre idas e vindas através do tempo, ele vai parar acidentalmente em décadas diferentes, acaba sendo internado num manicômio, encontra outros viajantes de sua época e tem sonhos recorrentes e misteriosos com algo que ele não sabe ao certo se já aconteceu ou ainda vai acontecer.

1616_5960

Resumindo: ‘Os 12 Macacos‘ é um filmaço daqueles onde a viagem no tempo (um dos meus temas preferidos) é abordada de uma maneira obscura e até assustadora.

E sabem da boa? Tem no Netflix!

Opa, mas não é só o ótimo filme de Terry Gilliam que tá lá não…

Quando anunciaram a telessérie ‘12 Macacos‘ (Twelve Monkeys – 2015), confesso que fiquei bem desconfiado e até receoso. Afinal, refilmagens, remakes e adaptações quando são ruins podem deixar, pra muita gente, o produto original com o “filme queimado” (sorry, não resisti).

Grata surpresa, a série do Syfy (canal famoso por suas séries e filmes de qualidade duvidosa) não só acertou em cheio como também trouxe elementos novos, acrescentando bastante originalidade e fazendo com que a trama não seja “requentada” ou apenas uma cópia daquela do filme de 1996.

12 MONKEYS -- Season:1 -- Pictured: (l-r) Aaron Stanford as James Cole, Amanda Schull as Dr. Cassandra Railly -- (Photo by: Jeff Riedel/Syfy)

Aqui, o ex-prisioneiro James Cole (Aaron Stanford), bem treinado e com algumas pistas, viaja do ano de 2043 até nossa ápoca atual pra combater uma misteriosa organização que teria causado a disseminação do vírus responsável pela morte de 93.6% da população do planeta. Nos dias atuais e com a ajuda da Drª. Cassandra Railly (Amanda Schull), uma brilhante virologista, ele vai montando um verdadeiro “quebra-cabeças mental” pois entre uma viagem e outra, seus atos acabam criando futuros e passados alternativos (às vezes melhores, às vezes MUITO piores) e todas essas informações vão se misturando na cabeça do coitado, deixando-o bastante confuso. Como problema pouco é bobagem, eles são perseguidos por militares e grupos paramilitares do futuro e do presente, são caçados por um sinistro, sádico e impiedoso assassino e tem que lidar com a doidinha de pedra e inteligentíssima Jeniffer Goines (a talentosa Emily Hampshire interpretando uma versão feminina do personagem de Brad Pitt) que é uma peça fundamental para que o intrincado mistério seja solucionado.

tumblr_inline_nv7lcwhfgf1tdvci2_540

Confuso? Nem tanto assim. Aqui, com vários elementos a mais na trama, os produtores e roteiristas optaram por um caminho “mais fácil” (ou menos difícil) do que o do filme homônimo. Porém, em vez de atrapalhar, isso acaba ajudando pois torna a condução da história bem dinâmica –  o que é muito oportuno quando uma série de 13 episódios (nessa primeira temporada) não dura apenas 2h como um filme.

Então, pra você, caro leitor que curtiu e curte demais o filme estrelado por Bruce Willis e Brad Pitt, fica a dica de uma nova visão pra ótima história.