Tem uma ideia para uma HQ? Chegou a hora de produzi-la!

Tem uma ideia para uma HQ? Chegou a hora de produzi-la!

 

ProAC lança edital voltado à criação e publicação de HQ

Já pensou em ver aquela sua ideia transformada em realidade? Por incrível que possa parecer, o Governo do Estado de São Paulo pode te ajudar.

A Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo está com inscrições abertas para o concurso do ProAC (Programa de Ação Cultural) que contempla a criação e publicação de Histórias em Quadrinhos (HQ). O edital está disponível no site da Secretaria da Cultura (www.cultura.sp.gov.br) e vai selecionar 12 projetos, com prêmio de R$ 40 mil cada.  As inscrições vão até 25 de agosto.

Uma coisa muito legal dessa iniciativa é a ideia de descentralizar a produção, saindo da capital e apoiando o que é feito fora da metrópole. Desde 2006, a Secretaria estabeleceu que os editais tenham cota de 50% para projetos selecionados de proponentes do interior, litoral e Grande São Paulo. Para isso, os proponentes têm de comprovar atuação artística na região, assim como sua residência por meio de comprovante de endereço cadastrado. No ano passado, além da capital, foram contempladas propostas de Ilhabela, Ribeirão Preto, Limeira, Santana do Parnaíba, Barueri, Santo André e Campinas.

Nós aqui no Armazém já falamos de projetos no interior, como o Festival de Quadrinhos que rolou em Limeira e nosso projeto querido do momento, SCAR, que vem lá de Piracicaba. Então é com muitos bons olhos que vemos essa decisão da Secretaria de Cultura em dividir o bolo com quem não é da capital.

Reconhecimento

O ProAC mantém, desde 2008, um  edital voltado exclusivamente ao incentivo e produção de quadrinhos. Desde então, premiou mais de 100 projetos, investindo mais de R$ 3 milhões no setor.

Entre os projetos que receberam incentivo do ProAC estão dois projetos biográficos: a HQ “Carolina”, de Sirlene Barbosa e João Pinheiro, que conta a história da escritora Carolina Maria de Jesus; e “Por mais um dia com Zapata”, de Daniel Esteves, Alex Rodrigues e Al Stefano, que refaz os passos do revolucionário Emiliano Zapata desde os primeiros confrontos com os soldados do ditador Porfírio Días até o seu asssassinato, numa emboscada em Chinameca.

 

Reforçando: serão escolhidos 12 projetos, com prêmio de R$ 40 mil para cada um. As inscrições vão até 25 de agosto no site www.cultura.sp.gov.br. PARTICIPEM!!

Nerd oldschool, gamer de primeira geração. Levou a vida de gibi tão a sério que até mestrado sobre o assunto fez. Além de uma tatuagem do Superman. Na vida real é empresário (www.evcom.com.br) e professor universitário (www.faap.br).