iZombie

iZombie

Série ‘iZombie’, que envolve as clássicas criaturas sobrenaturais, é uma das melhores e mais bem humoradas abordagens do tema nos quadrinhos.

 

Os mortos-vivos estão, há alguns bons anos, também em alta no universo das HQs – vide ‘The Walking Dead, que inspirou bem sucedida série televisiva – que é um sucesso absoluto – e a recém e elogiada publicação ‘Império dos Mortos’, escrita pelo mestre George Romero.

Eis que agora temos ‘iZombie’, da Vertigo e lançada aqui pela Panini.izombie-capa

A trama acompanha a jovem Gwen Dylan – uma jovem bonita, moderna, descolada e de vida modesta que recebe seu ganha-pão num cemitério trabalhando como coveira e que gosta de dar uns rolês com os amigos de vez em quando. Até aí nada anormal… não fosse pelo fato de Gwen ser uma zumbi e seus dois melhores amigos serem um garoto que se transforma numa espécie curiosa de lobisomem e uma moça que é um fantasma da década de 1960. Além disso, vez ou outra ela precisa devorar o cérebro de um recém-falecido (que ela mesma enterra e depois desenterra pra fazer um “lanchinho rápido”) pra que não se torne um desses “zumbis de filme de terror B”, lerdos e sem inteligência/consciência. O maior problema é que quando devora o cérebro, ela acaba assimilando a consciência do defunto e consequentemente, suas últimas memórias. Isso faz com que, caso o morto tenha morrido de morte matada e não morte morrida, ela resolva investigar o assassinato (com a ajuda de seus amigos sobrenaturais) pra dessa forma conseguir se livrar do tormento causado pela memória assombrada. Pra complicar ainda mais a situação, a moça acaba se apaixonando por um jovem que faz parte de um antiquíssimo grupo de caçadores de monstros.

Com o decorrer da trama, outros elementos e seres sobrenaturais – como vampiros, múmias e outros monstros clássicos – vão surgindo, abrindo um leque de possibilidades e sempre conseguindo surpreender a cada capítulo.

Escrita por Chris Robertson, ‘iZombie’ é ilustrada pelo ótimo Michael Allred – o cara, super talentoso, consegue imprimir um estilo Pop Art, meio retrô e moderno ao mesmo tempo. Incrível!

Izombie-2011-3

Essa certamente é uma das melhores publicações abortando o tema zumbis e sobrenatural dos últimos tempos. O humor e as incontáveis citações ao vasto universo da cultura pop dão o toque especial e certamente tornam a leitura ainda mais divertida.

O primeiro volume intituladoMorri pro Mundo foi lançado no Brasil no meado de 2015 e o mais recente a chegar nas bancas daqui é o Volume 4 – Repossessão. Pra quem pretende começar a ler ‘iZombie’ com certo atraso, como eu, os números atrasados podem ser adquiridos em lojas especializadas ou encomendados no próprio site da Panini.DSC_0056
Recentemente, iZombie’ foi adaptada numa série homônima de TV do canal CW. Pelo trailer, não me empolgou: além de não ter o mesmo nome da HQ, a moça, apesar do visual parecido, tem um trabalho um pouco diferente (ela é legista da polícia ou algo assim) e os amigos sobrenaturais parecem inexistir na trama. Nesse caso, mesmo que se interesse pela telessérie, comece sua incursão por esse divertido e sinistro submundo através dessas sensacionais HQs.