Atividade multimídia “Jogos de Armar” chega ao CCSP

Atividade multimídia “Jogos de Armar” chega ao CCSP

Mais uma atividade para dar paz aos pais e diversão e cultura às crianças

 

Depois de passar por Campos do Jordão e São Francisco Xavier, a capital paulista recebe o trabalho do Coletivo Tralha, a intervenção multimídia Jogos de Armar.

Dividida em vários módulos (Volantes, Encaixes, #Colagem, Caça-palavras e Invólucros), a intervenção relaciona, de maneira lúdica e muito interessante, temas como arte e mídia, consumo e meio ambiente, cidade e arquitetura.

O melhor disso tudo? Todas as atividades não possuem necessidade de retirada de ingressos e são grátis. A interação contará com a mediação direta dos artistas nos dias da abertura e encerramento (17 de  julho e 14 de agosto). No dia 17 de julho, será realizada a atividade Encaixes, além da presença do Mídia Móvel – que concentra as atividades do Volante e #Colagem.

Atividades

JA_imagem_1Os Volantes são disparadores de situações na forma de panfletos com jogos de palavras – como a lacuna, a múltipla escolha e os caça palavras. Brincadeiras populares de conhecimento geral reformatadas para uma construção reflexiva sobre o local. Eles são disponibilizados, preenchidos e centralizados em uma caixa urna. Além disso, a interação conta com um disparador de perguntas através de uma roleta no Mídia Móvel.

JA_imagem_2

Encaixes é realizado com caixas em papelão contendo letras e imagens, com as quais o público poderá escrever palavras, compor com cores e formas e reorganizar o espaço. Uma proposta renovável já apresentada em locais diversos pelo Coletivo Tralha. A atividade é especialmente querida pelas crianças, que montam, desmontam, empilham e derrubam as caixas, mas não se restringe somente a uma faixa etária, adultos também participam e se divertem.

Já o #Colagem é um jogo web colaborativo, no qual os participantes são convidados a completar fragmentos de textos, criando mensagens. Após escrever, cada participante compartilha as mensagens nas mídias sociais, chamando novos usuários para participar e completar a #Colagem em andamento. A Mídia Móvel percorre o local, coletando as contribuições dos participantes e exibindo-as de forma contínua em telas dispostas por sua superfície. Exceto os dias de interação com os artistas, o Mídia Móvel ficará na Sala da Divisão de Ação Cultural e Educativa (DACE), no Piso Flávio de Carvalho.

JA_imagem_4No CCSP, a atividade dos Invólucros vai ganhar um dia especial. A ação aborda a impressão em embalagens plásticas reutilizadas e descaracterizadas de sua função original com a colocação de novos rótulos com fontes e imagens das séries gráficas do Coletivo Tralha. No dia 14 de agosto, o público vai poder criar e levar seus próprios Invólucros, na Folhetaria, colando e personalizando recipientes – anteriormente coletados -, seja criando arranjos, textos ou padronagens. Uma reutilização criativa das embalagens, que, de outra forma, estariam descartadas no lixo.

Por último, um painel em grande formato, com letras e imagens impressas vai marcar a presença do Jogos de Armar no local: o Caça-palavras. Realizado em lambe-lambe, ele registra mensagens produzidas ao longo do trabalho em outras cidades.

Mais uma alternativa bacana e GRÁTIS de diversão nas férias. Quem diz que não tem nada para fazer ou que precisa gastar muito é porque não sabe procurar!

Serviço

Jogos de Armar
Período: de 17 de julho a 14 de agosto
Local: Centro Cultural São Paulo – Rua Vergueiro, 1000 – São Paulo/SP

Abertura: Dia 17/07, domingo, das 14h às 17h
Local: CCSP – Espaço Flávio Império (Foyer)
Atividades: Encaixes e Mídia Móvel – intervenções com mediação dos artistas

Produção de Invólucros aberta ao público: Dia 12/8, sexta, das 14h às 17h
Local: CCSP – Folhetaria

Encerramento: Dia 14/8, domingo, das 14h às 17h
Local: CCSP – Jardim Suspenso – lado Vergueiro
Atividades: Encaixes e Mídia Móvel – intervenções com mediação dos artistas

Nerd oldschool, gamer de primeira geração. Levou a vida de gibi tão a sério que até mestrado sobre o assunto fez. Além de uma tatuagem do Superman. Na vida real é empresário (www.evcom.com.br) e professor universitário (www.faap.br).