Assassin’s Creed: a virada dos filmes baseados em games?

assassinscreed

Filmes baseados em games não possuem um histórico positivo. Pode Assassin’s Creed mudar isso?

Você, gamer e fã de cinema certamente se lembra de atrocidades como Príncipe da Pérsia – As Areias do Tempo, certo? Um roteiro fraco, um elenco questionável e uma das franquias mais clássicas de todos os tempos nos games, reduzida a um filme “esquecível”.

prince-of-persia

Que vergonha…

Se retrocedermos no tempo, a lista de fracassos entre os jogos que viraram filmes só aumenta: DoomTomb Raider… Sem falar de algumas das maiores bombas já realizadas: Street FighterDouble DragonSuper Mario Bros.

 

Raul Julia Street Fighter

O último filme do grande Raul Julia. Tadinho…

Aff...

Aff…

Olha o que fizeram com o Mário!

Olha o que fizeram com o Mário!

Mas aí, um trailer nos faz retomar a esperança e acreditar em dias melhores. Teria Hollywood aprendido finalmente com seus erros?

Assassin’s Creed, com estreia prevista para dezembro de 2016, mostra imagens e roteiro diretamente ligados ao jogo. O salto do Assassino de cima de uma torre é impressionantemente parecido com a experiência do jogo.

Dirigido por Justin Kurzel, tem em seu currículo uma adaptação de Macbeth e o premiado filme indie Snowtown. Confesso que não vi nenhum dos dois, mas o simples fato dele não ser diretor de blockbusters de ação já me deixa feliz.

Tudo indica que veremos uma mudança muito positiva nas adaptações de jogos para o cinema. Que mais venham, seguindo essa mesma linha.

Aqui o trailer, para você apreciar…

Nerd oldschool, gamer de primeira geração. Levou a vida de gibi tão a sério que até mestrado sobre o assunto fez. Além de uma tatuagem do Superman. Na vida real é empresário (www.evcom.com.br) e professor universitário (www.faap.br).